Forte terremoto sacode o norte do Japão, mas sem acionar alerta de tsunami

Tóquio, 16 jun (EFE).- Um forte terremoto sacudiu nesta quinta-feira a ilha de Hokkaido e a província de Aomori, situadas no norte do Japão, sem que a Agência Meteorológica do país (JMA, sigla em inglês) ativasse o alerta de tsunami, nem emitisse informações sobre graves danos em um primeiro momento.

O terremoto teve magnitude 5,3 na escala Richter, mas alcançou o nível 6 na escala fechada japonesa, que tem um total de 7 e se concentra mais nas áreas afetadas que na intensidade do tremor.

O sismo aconteceu às 14h21 locais (2h21 de Brasília) com hipocentro a cerca de dez quilômetros de profundidade na baía de Uchiura, próximo da cidade de Hakodate, no extremo sul de Hokkaido, segundo a JMA.

Esta cidade, de aproximadamente 270 mil habitantes, registrou intensidade 6 na escala japonesa.

Segundo pôde confirmar a emissora pública "NHK", não há, por enquanto, interrupções no fornecimento de água e energia em Hokkaido.

Algumas localidades de Aomori, a província mais ao norte da ilha de Honshu, como Oma e Kazamaura, registraram intensidade 4 na escala japonesa.

As autoridades do país asiático não informaram até o momento se ocorreram danos significativos em edificações e infraestruturas.

O Japão está localizado sobre o chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos com relativa frequência, por isso a infraestrutura do país foi desenvolvida especialmente para suportar os tremores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos