Macri acredita que revogatório e eleições são saída para crise da Venezuela

Medellín (Colômbia), 16 jun (EFE).- O presidente da Argentina, Mauricio Macri, afirmou nesta quinta-feira que um referendo revogatório e novas eleições ainda neste ano são o caminho para que a Venezuela saia da crise na qual está imersa.

Macri, que chegou à Colômbia na noite de terça-feira em visita oficial, participa do Fórum Econômico Mundial para a América Latina (WEF), realizado hoje e amanhã na cidade de Medellín.

"Este momento que o povo venezuelano está vivendo somente sairá se houver eleições neste ano, para que o povo possa escolher novamente quem conduzirá o país. Revogatório e eleições, esse é o caminho", comentou Macri em entrevista coletiva.

Perguntado sobre o que acha da situação do país, Macri afirmou que considera "ruim", que está "muito preocupado" e aproveitou a ocasião para pedir "solidariedade com o povo venezuelano".

"Reitero que não se pode aceitar semelhante nível de direitos humanos em nossa região", acrescentou Macri sobre a situação da Venezuela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos