Presidente peruano pode ser investigado por lavagem de dinheiro

Lima, 15 jun (EFE).- O Congresso do Peru aprovou nesta quarta-feira um relatório da Comissão de Fiscalização que pede a inclusão do presidente peruano, Ollanta Humala, na investigação contra sua esposa, Nadine Heredia, por suposta lavagem de dinheiro por causa de uma informação contida em agendas que foram entregues para a imprensa.

No penúltimo dia da legislatura, o plenário aprovou o relatório sobre a investigação das agendas da primeira-dama com 64 votos a favor, 19 contra e sete abstenções.

O presidente da Comissão de Fiscalização, Gustavo Rondón, declarou que 29 pessoas físicas e jurídicas, das 35 investigadas pelo grupo, têm diferentes níveis de responsabilidade, entre as quais figuram Humala e vários familiares de Nadine.

Rondón disse que o documento será enviado como "insumo" das investigações que já tem em curso a promotoria contra Nadine Heredia, atual presidente do Partido Nacionalista.

O legislador explicou para a emissora "RPP Noticias" que foram encontrados "indícios razoáveis de lavagem de dinheiro e fraude tributária em muitos dos investigados, tráfico de influência, corrupção de funcionários e enriquecimento ilícito".

"A última recomendação final do relatório vai para o Ministério Público e o Congresso, na qual pede a inclusão de Ollanta Humala nas investigações, que já declarou publicamente que teve participação na autoria e no conteúdo das agendas", que continham informações de contribuições para as campanhas eleitorais de 2006 e 2011.

"Se essas agendas revelarem prováveis crimes, ele terá que ser investigado", assegurou Rondón.

O juiz Richard Concepción Carhuancho vai analisar na quinta-feira, em audiência pública, o pedido do promotor Germán Juárez de impedimento de saída do país contra a primeira-dama, uma solicitação feita no momento de formalizar a investigação sobre a suposta lavagem de dinheiro.

Na audiência de amanhã, o magistrado também verá se a medida valerá para Ilan Heredia Alarcón, irmão da primeira-dama e tesoureiro do partido, e Rocío Calderón, amiga de Nadine Humala.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos