Procurador cita suposto financiamento de Hugo Chávez à campanha de Humala

Lima, 16 jun (EFE).- O procurador Germán Juárez afirmou nesta quinta-feira que uma testemunha entregou uma carta que supostamente prova que o falecido ex-presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deu dinheiro para a campanha eleitoral de 2006 do atual presidente do Peru, Ollanta Humala.

Juárez afirmou isto ao apresentar perante um juiz os argumentos para sustentar sua solicitação que se ordene o impedimento de saída do país da primeira-dama e presidente do governante Partido Nacionalista Peruano (PNP), Nadine Heredia, que é investigada por suposta lavagem de dinheiro.

O caso é revisado em audiência pública pelo juiz Richard Concepción Carhuancho, que também decidirá se aplica a medida sobre Ilan Heredia, irmão da primeira-dama e tesoureiro do partido, e Rocío Calderón, amiga da esposa do presidente.

Segundo o procurador, existe uma carta do falecido presidente venezuelano, datada de 30 de maio de 2006, que indica que enviava seu adido militar ao Peru com dinheiro.

Juárez disse que essa carta "foi posta à disposição do Ministério Público", para que se faça "a perícia correspondente para verificar se efetivamente corresponde a Hugo Chávez".

Durante a audiência, o advogado de Heredia, Eduardo Roy Gates, disse que sua cliente não foi "nem tesoureira, nem contadora" durante a campanha de 2006 e lembrou que Humala disputou a presidência em 2006 pelo partido União pelo Peru.

Também rejeitou que exista alguma vinculação do dinheiro recebido durante essa campanha "com o erário venezuelano" e garantiu que "ninguém afirmou que tenha visto dinheiro em maletas diplomáticas".

Como parte da investigação do procurador estão incluídas quatro agendas de Heredia que a primeira-dama denunciou que foram subtraídas ilegalmente de seu domicílio e que aparentemente contêm contabilidade das finanças do Partido Nacionalista.

O Congresso do Peru aprovou na quarta-feira um relatório que pediu a inclusão de Humala na investigação contra Heredia a partir da informação contida nessas agendas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos