Assassino de Jo Cox grita 'morte aos traidores' em tribunal

Londres, 18 jun (EFE).- Thomas Mair, assassino da deputada trabalhista britânica Jo Cox, compareceu neste sábado a um tribunal de Londres onde gritou "morte aos traidores, liberdade para o Reino Unido".

O acusado, de 52 anos, deu essa declaração ao confirmar sua identidade perante a Corte de Magistrados de Westminster, no centro da capital britânica, onde está sendo julgado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos