Parada Gay de Viena se transforma em homenagem às vítimas de Orlando

Viena, 18 jun (EFE).- Seis dias depois do massacre na boate voltada para o público gay em Orlando que acabou com a vida de 50 pessoas - incluindo o autor da ação -, a Parada do Orgulho Gay em Viena, realizada neste sábado, homenageou às vítimas daquela noite de terror nos Estados Unidos e também as que sofrem em outras partes do mundo.

O público da 21ª edição da marcha passou por todo o centro de Viena e era encabeçado por um espaço vazio, cercado pelos participantes encarregados da segurança, simbolizando a ausência dos que morreram em Orlando ou em outros crimes de ódio.

As pessoas carregavam cartazes pedindo o fim da homofobia e homenageando às vítimas do massacre na boate Pulse, que foram muito lembradas durante todo o evento, que contou com carros alegóricos e a presença de 130 mil participantes, segundo estimativas da imprensa local.

A bandeira do arco-íris, símbolo da comunidade LGTB foi a que mais tremulou, mas não foi a única. Um pano de 30 metros de comprimento por dois de largura foi erguido por dezenas de pessoas e mostrava as bandeiras de todos os países do mundo.

Fantasiados, com o corpo pintado ou simplesmente com uma roupa comum, os manifestantes caminharam pelas ruas da capital austríaca mostrando apoio incondicional à liberdade sexual.

Um homem de média idade, possivelmente iraniano, levava uma bandeira arco-íris em uma mão e a do Irã em outra, regime que castiga homossexuais com pena de morte. Uma jovem sorridente usando o hijab (véu islâmico) registrava com seu celular todos os momentos da colorida festa, enquanto um casal de "refugiados gays" agradecia a recepção que tiveram na Áustria, com a palavra "casa" estampada na camiseta.

A previsão é de que o ministro das Relações Exteriores da Áustria, Christian Kern, membro do partido social-democrata, participe do final do evento.

Paralelamente, foram convocadas várias contramanifestações, como a "Marcha para Jesus" e "Marcha da Família", mas segundo as autoridades não houve incidentes entre os grupos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos