Candidata do Movimento 5 Estrelas será prefeita de Turim, na Itália

Roma, 20 jun (EFE).- A candidata do Movimento 5 Estrelas (M5S), Chiara Appendino, será a nova prefeita de Turim, no noroeste da Itália, ao vencer no segundo turno das eleições municipais do então prefeito e membro do Partido Democrata (PD), Piero Fassino.

O resultado de Turim é a grande surpresa destas eleições municipais nas quais o M5S também conquistou do PD a Prefeitura de Roma com a candidata Virgínia Raggi.

Chiara obteve 54% dos votos com relação aos 45% de Fassino, mas recuperou principalmente os mais de 10 pontos percentuais que o membro do PD tinha de vantagem, segundo os resultados do primeiro turno de 5 de junho.

A jovem membro do M5S é economista e empresária, tem 31 anos e é mãe de uma menina que nasceu em janeiro. Ela superou um dos históricos membros do PD, que a parabenizou pela vitória.

Fassino indicou que sua derrota se deve ao apoio da direita à candidata do M5S ao assegurar que "o primeiro perde quando o segundo e o terceiro entram em acordo".

A derrota de Fassino é a que mais prejuízo causa ao partido do primeiro-ministro, Matteo Renzi, que não esperava perder em uma dos redutos da esquerda.

Enquanto a derrota em Roma poderia vir após o primeiro turno, o PD e Renzi esperavam manter-se em Turim e o fracasso só não foi maior, pois em Milão venceu o candidato de centro-esquerda, Giuseppe Sala.

"É uma derrota que queima. Há uma grande ruptura com nosso eleitorado tradicional. É preciso ter a coragem de admitir a dimensão da vitória do M5S em Turim e em Roma", ressaltou o membro do PD Federico Fornaro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos