Falso alarme provoca evacuação de estação central de trens em Bruxelas

Bruxelas, 19 jun (EFE).- Um falso alarme obrigou as autoridades da Bélgica a interromperem o tráfico de trens por mais de uma hora e evacuar a estação central de Bruxelas, depois de uma grande operação antiterrorista ter evitado ontem um atentado iminente no país.

Duas malas abandonadas no local fizeram com que os agentes retirassem as pessoas da estação, interrompessem a circulação dos trens e chamassem o esquadrão antibombas, que pouco depois confirmou que se tratava de um alarme falso.

A Bélgica segue em tensão depois de ontem mais de dez pessoas terem sido presas ontem. Duas delas teriam vínculos com os irmãos El Bakraoui, dois dos terroristas suicidas responsáveis pelos atentados na capital no último dia 22 de março, segundo a imprensa local.

Especialistas em terrorismo analisam neste domingo a situação do país, que continua no nível de alerta três, de uma escala que vai até quatro, por risco de atentado.

O analista Claude Moniquet explicou à emissora "RTL" que a polícia só encontrou um dos dois grupos de jihadistas que estavam sendo procurados. Por isso, ele acredita que ainda há pessoas em liberdade que poderiam cometer atentados no país.

O governo da Bélgica informou que punirá severamente o vazamento de informações à imprensa, como um documento interno da polícia que alertava sobre o risco de um "atentado iminente" publicado pelos jornais "De Standaard" e "Het Laatste Nieuws".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos