Novo atentado mata 10 pessoas no Afeganistão

Cabul, 20 jun (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram, todos civis, e 20 mais ficaram feridas nesta segunda-feira em um atentado com bomba em um mercado da província de Badakhshan, no nordeste do Afeganistão, informou uma fonte da Polícia local.

O atentado, que aconteceu por volta das 9h45 (horário local, (2h15 em Brasília), ocorreu quando explosivos colocados em uma motocicleta foram detonados em um mercado na cidade de Kisham, no distrito homônimo, afirmou à Agência Efe o chefe da Polícia regional, o oficial Saifullah.

Trata-se do segundo atentado ocorrido hoje no Afeganistão depois que outras 14 pessoas morreram e oito ficaram feridas em um ataque suicida em Cabul, a capital.

Segundo Saifullah, não está claro ainda se neste ataque também participou um insurgente suicida e acrescentou que alguns feridos, que foram levados para a um hospital do distrito, estão em "estado grave", por isso que o número de mortos poderia aumentar.

Um membro do Parlamento de Badakhshan, Sardar Sarwari, disse à Efe que o alvo do atentado era um antigo comandante que lutou contra a ocupação soviética, Abdul Rahman, o qual está entre os feridos.

Nenhum grupo insurgente reivindicou ainda a autoria do ataque.

Este é o segundo atentado, depois que esta manhã em Cabul um insurgente suicida detonou explosivos que levava e os detonou perto de um ônibus no qual viajavam guardas de segurança nepaleses.

A instabilidade no Afeganistão aumentou desde o fim da missão militar da Otan em dezembro de 2014 e os talibãs foram avançando no controle do país assim como na frequência e tamanho dos atentados nas grandes cidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos