Obiang nomeia primogênito Teodoro Ngnema vice-presidente da Guiné Equatorial

Redação Central, 20 jun (EFE).- O presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, promoveu nesta terça-feira o primogênito Teodoro Ngnema Obiang Mangue a vice-presidente na formação do novo governo após as eleições de 24 de abril, no qual ainda está vago o posto de primeiro-ministro.

Segundo informou a televisão estatal local, o filho mais velho do presidente também será o encarregado dos assuntos de Defesa e Segurança Nacional, que ostentava anteriormente.

Entre as novas nomeações figura a de Ignacio Milanta, anterior vice-presidente, no cargo de presidente do Conselho de Estado e assessor do Chefe do Estado.

O ex-primeiro-ministro do país, Vicente Ehate Tomí, que ocupava o cargo até a semana passada, passa a ser vice-presidente do Conselho de Estado do país, segundo informaram fontes oficiais.

Nesta nova organização do governo, Obiang suprimiu a figura de segundo vice-presidente, que anteriormente era ocupada pelo filho primogênito.

Teodoro Obiang, de 74 anos de idade e 37 de poder, o presidente africano há mais tempo no poder, dissolveu o governo na sexta-feira passada após as eleições gerais de 24 de abril, nas quais seu governista Partido Democrático da Guiné obteve vitória arrasadora.

O primogênito Nguema Obiang é acusado pela justiça francesa de crimes de lavagem de dinheiro e corrupção, entre outros delitos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos