Trump afirma que líderes dos EUA estão "jogando o cristianismo no lixo"

Nova York, 21 jun (EFE).- O virtual candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira em um encontro com centenas de representantes evangélicos que os líderes do país estão "jogando o cristianismo no lixo".

"Não se pode ser politicamente correto e dizer que é preciso rezar por todos os líderes, porque todos seus líderes estão jogando o cristianismo no lixo, e isso é algo muito terrível", declarou Trump em um encontro privado do qual alguns participantes divulgaram vídeos das declarações nas redes sociais.

"Se pode dizer que é preciso rezar pelos líderes, eu entendo. Rezem por todo o mundo. Mas o que devem fazer realmente é votar em uma pessoa específica", acrescentou.

Em seu discurso aos religiosos, Trump garantiu "dever muito" ao cristianismo "de muitas formas distintas".

Nesse sentido, especificou dever-lhe "o voto mais cristão e evangélico", após assegurar que obteve bons resultados nas primárias nos estados onde têm maior presença.

O magnata realizou esse encontro fechado à imprensa na Trump Tower, de Nova York, com cerca de 1.000 líderes religiosos influentes na direita evangélica.

Após o discurso estava previsto que o pré-candidato respondesse a questões sobre aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo e liberdade de imprensa, segundo publicaram veículos de comunicação locais.

Nas últimas semanas Trump despertou polêmica ao se declarar contra a interrupção da gravidez e opinar que os médicos responsáveis deveriam ser punidos pelos abortos.

Várias dezenas de pessoas protestavam contra esse encontro nos arredores do edifício com cartazes nos quais se lia "Faith over fear" ("Fé acima do medo").

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos