Venezuela pede cancelamento de reunião da OEA sobre Carta Democrática

Washington, 20 jun (EFE).- A missão da Venezuela na Organização dos Estados Americanos (OEA) solicitou nesta segunda-feira o cancelamento por julgar "improcedente" a sessão extraordinária do próximo dia 23 onde está prevista um debate para ver se será aplicado ao país a Carta Democrática da organização.

A Venezuela enviou hoje este pedido ao presidente do Conselho Permanente, o argentino Juan José Arcuri, através de uma carta que a Agência Efe teve acesso.

Segundo a Venezuela, a reunião deve ser cancelada porque, em sua opinião, o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, "não está legitimado" para solicitá-la.

Almagro convocou a reunião no dia 31 de maio, ao invocar o artigo 20 da Carta Democrática, que dá poder ao secretário-geral ou a qualquer membro para solicitar um Conselho Permanente extraordinário quando considere que exista num país uma "alteração constitucional que afeta gravemente a ordem democrática".

O governo venezuelano rejeita a passagem de Almagro ao assegurar que no país não existe tal "alteração" e que a solicitação do secretário "responde a um uso desviado de uma faculdade que o governo da Venezuela rejeita", tal como expressa em sua carta à presidência do Conselho.

Nesta terça-feira, o ex-presidente do Governo da Espanha José Luis Rodríguez Zapatero estará na OEA, convidado pela Venezuela, para explicar o estado da mediação que lidera junto aos ex-presidentes Leonel Fernández (República Dominicana) e Martín Torrijos (Panamá).

Com esse convite, a Venezuela se adiantou à sessão para debater se a OEA aplica sua Carta Democrática ao país, o instrumento jurídico que Almagro recorreu para aumentar a pressão sobre o governo de Nicolás Maduro e que poderia levar a uma missão de mediação (18 votos) ou, em último lugar, a suspensão da Venezuela (24).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos