Assad nomeia novo primeiro-ministro e ordena formação de governo

Damasco, 22 jun (EFE).- O presidente sírio, Bashar al Assad, nomeou nesta quarta-feira Imad Mohammad Deeb Khamis como novo primeiro-ministro, em substituição a Wael Nader Al-Halqi, e determinou a ele a formação de governo, conforme um comunicado da presidência.

Assad emitiu o decreto 187 no qual encarregou a Khamis, até agora ministro de Eletricidade, a constituição de um novo Executivo. Desta forma, Khamis substitui a Al-Halqi, que estava no cargo desde 2013 e cujo mandato foi marcado por projetos de reconstrução e por políticas para conter a deterioração da economia.

Nascido em Damasco, em 1961, Khamis estudou Engenharia Elétrica na capital e foi nomeado diretor-geral do Organismo de Estabelecimento Geral para Investimentos de Energia Elétrica em 2008, antes de ser designado ministro do setor em 2011. Khamis é casado e tem três filhos.

A remodelação do governo era esperada após a renovação do parlamento nas eleições legislativas de 13 de abril. Não estão previstas grandes mudanças em pastas importantes como os Ministérios das Relações Exteriores, Defesa e Interior, as mais envolvidas no conflito bélico.

A mudança no Executivo coincide com ofensivas do Exército nacional na periferia de Damasco, Aleppo (norte), Homs (centro) e Al Raqqa (nordeste).

A Síria vive uma guerra desde março de 2011, que já matou mais de 280 mil pessoas, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos. A disputa ainda danificou importantes estruturas como oleodutos, pontes e redes de água e eletricidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos