Secretário-geral da Unasul diz que Colômbia busca agora "paz positiva"

Quito, 23 jun (EFE).- O secretário-geral da Unasul, Ernesto Samper, disse nesta quinta-feira que, após o anúncio do acordo de cessar-fogo bilateral e definitivo entre o governo da Colômbia e as Farc, é importante buscar a "paz positiva".

O ex-presidente colombiano - entre 1994 e 1999 -, celebrou o fim das negociações com uma entrevista coletiva em Quito, e garantiu que estava na "ante-sala da paz".

"A partir deste momento, começa a parte mais delicada, a parte mais essencial o processo, que é a desmilitarização do conflito, que tem a ver com o abandono das armas, desmobilização e reinserção", disse Samper.

O líder ainda afirmou que, a princípio, se alcançou "a paz que poderíamos chamar de negativa, com o fim do confronto armado, mas agora falta construir a paz positiva", garantiu.

De acordo com Samper, é necessário "ensinar à Colômbia e aos colombianos a conviver, apesar das diferenças ou graças as diferenças, sem apelar para o conflito armado para solucioná-las".

O secretário-geral da Unasul comemorou que governo e Farc colocaram fim as desculpas para não se reunir nas mesas de negociações, como aconteceu nos últimos anos.

"Por não entender que a saída era política, hoje temos a lamentável quantidade de 280 mil mortos", concluiu Samper.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos