Belga Didier Seeuws administrará negociação do Brexit para Conselho Europeu

Bruxelas, 25 jun (EFE).- O diplomata belga Didier Seeuws foi nomeado na sexta-feira responsável pelo grupo de trabalho do Conselho Europeu para o "Brexit" e terá a missão de "administrar e apoiar" as negociações de separação por parte da União Europeia, informaram neste sábado à Agência Efe fontes comunitárias.

"Didier lidera o Grupo de trabalho do Conselho para assuntos do 'Brexit'", indicaram as fontes, que explicaram que ele foi nomeado "na sexta-feira passada" para este cargo.

O belga já pôs em seu perfil do Twitter o título de seu novo cargo, no qual cumprirá o papel de Secretário-Geral do Conselho quanto à gestão e o apoio às negociações, esclareceram segundas fontes.

Seeuws, um diplomata de carreira, nasceu em Sint-Amandsberg, em Gent, em 1 de agosto de 1965, e foi porta-voz do primeiro-ministro belga, Guy Verhofstadt, e chefe de gabinete do presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, entre outros muitos cargos que desempenhou no seio da UE.

Do lado da Comissão Europeia ainda não foi designada uma pessoa que responsável pelas negociações para a saída do Reino Unido da UE, disseram à Efe outras fontes.

A Comissão, que diz que liderará as negociações, deve ainda dissolver o Grupo de Trabalho para Assuntos Estratégicos relacionados com o referendo britânico, que era liderado pelo britânico Jonathan Faull, um alto funcionário da UE no Executivo comunitário.

Depois será preciso criar uma nova estrutura e pensar na pessoa adequada para levar as negociações da saída do Reino Unido, que ainda não ativou o artigo 50 do Tratado da UE para iniciar o processo.

Seeuws, formado em Ciências Diplomáticas e em Direito Europeu, tem uma ampla experiência diplomática.

Nos anos 90 foi adjunto na embaixada da Bélgica em Washington a cargo dos investimentos e assuntos econômicos, e depois do ministro belga de Comércio Exterior, posto desde o qual se encarregou também dos investimentos, além das relações bilaterais com a América do Norte e Ásia.

Foi também conselheiro na representação permanente da Bélgica perante a UE de 1998 até 2002, onde se ocupou das relações com o parlamento Europeu.

Seeuws se tornou depois porta-voz do Departamento de Assuntos Estrangeiros, e posteriormente foi porta-voz de Verhofstadt e representante permanente da Bélgica perante a UE.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos