Após "Brexit", papa recomenda à UE "pensar em outra forma de união"

Cidade do Vaticano, 26 jun (EFE).- O papa Francisco afirmou neste domingo que na União Europeia (UE) se respira "um ar de divisão" e recomendou aos países membros do bloco "pensar em outra forma de união", dando "um passo de criatividade" para "reencontrar a força que teve em suas raízes".

"O passo (...) que a União Europeia deve dar para reencontrar a força que teve em suas raízes é um passo de criatividade e também de saudável desunião", disse aos jornalistas que o acompanharam em seu voo de volta da Armênia para Roma, entre eles da Agência Efe.

Francisco aconselhou "dar mais independência, dar mais liberdade aos países da união, pensar outra forma de união" ao ser perguntado sobre a situação após o referendo no Reino Unido que foi vencido pelos favoráveis a que o país dexasse a UE.

"A guerra já está na Europa. Há um ar de divisão, não só na Europa, nos mesmos países. Se lembrarem, (há a) Catalunha, no ano passado (um referendo independentista na) Escócia... Estas divisões não digo que sejam perigosas, mas devemos estudá-las bem e, antes de dar um passo adiante para uma divisão, falar bem entre nós mesmos e buscar soluções viáveis", disse.

"As pontes são melhores que os muros. Tudo isto deve fazer refletir", frisou.

Francisco recomendou ao continente "ser mais criativo" também em relação com a criação de postos de trabalho e criticou a "economia líquida" do continente que faz com que a taxa de desemprego entre os jovens beire os 40%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos