Sede do partido da Irmandade Muçulmana é incendiada na Jordânia

Amã, 27 jun (EFE).- Uma sede da Frente de Ação Islâmica (FAI), braço político da Irmandade Muçulmana na Jordânia, foi incendiada ontem à noite, denunciou nesta segunda-feira o partido, que responsabilizou às autoridades pelo ocorrido.

Em comunicado, a FAI informou que o incêndio aconteceu no escritório do partido na cidade de Mafraq, 85 quilômetros ao nordeste de Amã.

"O governo tem a responsabilidade de proteger a sede do FAI em Mafraq porque a fechou há dois meses, apesar de estarmos autorizados pela lei jordaniana", disse o porta-voz Khader Bani Khalid.

Segundo ele, o mesmo escritório passou por um incêndio em 2011, quando as autoridades também não conseguiram extinguir o fogo a tempo.

A Irmandade Muçulmana e seu partido, o principal grupo da oposição, sofreram nos últimos meses uma nova perseguição por parte das autoridades. Vários escritórios do partido foram fechados e dezenas de seus membros foram detidos, depois que as autoridades afirmaram que o grupo, que opera no país desde 1946, não tem licença para desenvolver suas atividades.

Em 13 de abril, as forças de segurança jordanianas entraram na sede principal da Irmandade Muçulmana em Amã e procederam a seu fechamento. Apesar disso, o secretário-geral da FAI, Mohammed al Zoyud, confirmou este mês a participação de seu partido nas próximas eleições gerais, previstas para 20 de setembro, após ter boicotado as últimas duas.

A Irmandade Muçulmana, com ramificações em muitos países árabes, foi declarada grupo terrorista por vários Estados como o Egito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos