Baku confirma início de "negociações concretas" com Yerevan sobre Karabakh

Baku, 30 jun (EFE).- A recente cúpula em São Petersburgo dos presidentes da Armênia, Serzh Sargsyan; do Azerbaijão, Ilham Aliev; e da Rússia, Vladimir Putin, iniciou "negociações concretas" entre Baku e Yerevan para resolver o conflito de Nagorno-Karabakh, disse nesta quinta-feira o ministro das Relações Exteriores azerbaijano, Elmar Mamediarov.

Os líderes dos três países pactuaram "um documento sobre o qual se está trabalhando", explicou Mamediarov em entrevista coletiva com o ministro das Relações Exteriores da Alemanha e presidente rotativo da Osce, Frank-Walter Steinmeier, de visita à região.

"Se trabalharmos nessa direção, poderemos conseguir a paz", ressaltou o chefe da diplomacia azerbaijana sem revelar os detalhes do acordo.

Mamediarov explicou que o Azerbaijão não descarta uma nova reunião entre Satrgsian e Aliyev, que poderia acontecer em Paris, mas destacou que este tipo de encontro deve ter conteúdo e ajudar os avanços na resolução do conflito.

Steinmeier, que se reuniu hoje com o líder da autoproclamada república de Nagorno-Karabakh, Bako Saakian, pediu para se tomar todas as medidas para garantir o cumprimento do cessar-fogo estipulado em abril, quando três dias de intensos combates tiraram o conflito de seu estado de congelamento e causaram mais de 150 mortos em ambos os lados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos