Palestino morre e 2 israelenses ficam feridos em ataque na Cisjordânia

Jerusalém, 30 jun (EFE).- Um palestino morreu nesta quinta-feira após atacar com uma faca dois israelenses, que ficaram feridos, na entrada da colônia judaica de Kiryat Arba, na Cisjordânia, informou à Agência Efe uma porta-voz do Exército israelense.

A fonte afirmou que o agressor foi morto a tiros, embora eles "não tinham sido disparados pelas forças do Exército israelense", o que abre a possibilidade que um civil ou um agente de segurança privada tenha matado o homem.

Um dos feridos é uma menor 15 anos, que se encontra em estado crítico e foi transferida para um hospital de Jerusalém, enquanto o outro é um homem de 30 anos, também em estado grave, foi levado para outro centro médico da cidade, indicou o serviço de emergências da Estrela de Davi Vermelha (equivalente à Cruz Vermelha).

A emissora israelense "Canal 10" informou que o agressor palestino tinha 17 anos e morava na aldeia de Bani Naim, perto da colônia judaica. Ele conseguiu pular a cerca do local, onde encontrou a adolescente e começou a esfaqueá-la.

Uma equipe de segurança civil da colônia entrou no lugar onde estava o agressor. O palestino acabou ferindo a facadas o homem, que também foi atingido por disparos de um dos guardas.

Os episódios são partes da onda de violência que teve início em outubro do ano passado, onde 216 palestinos, 34 israelenses e três estrangeiros já morreram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos