Fortes chuvas na Índia deixam 10 mortos e 10 desaparecidos

Nova Délhi, 1 jul (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram e outras dez estão desaparecidas após as fortes chuvas que caíram nesta sexta-feira no estado de Uttarakhand, no norte da Índia, onde foi declarado um alerta meteorológico para as próximas 72 horas.

Em entrevista à Agência Efe, o porta-voz do Centro de Mitigação e Gestão de Desastres do estado (DMMC), Pramod Singh, afirmou que as mortes ocorreram em deslizamentos de terra nos distritos de Pithoragarh e Chamoli, onde também há entre dez e 15 desaparecidos.

Várias estradas da região ficaram destruídas e permanecem fechadas, enquanto pelo menos três casas foram "completamente" arrasadas em Chamoli. O porta-voz afirmou que o alerta irá durar três dias, mas ressaltou que a situação está "sob controle".

A Força Nacional de Resposta a Desastres (NDRF) informou através do Twitter que enviou duas equipes de emergências a estes dois distritos. Nessa rede social, o ministro de Interior indiano, Rajnath Singh, confirmou o desdobramento das equipes e indicou que soldados extras serão mobilizados caso seja necessário.

"Falei com o chefe do governo de Uttarakhand, Harish Rawat, sobre a situação após o temporal. O (governo) central está fornecendo toda a ajuda possível", afirmou o titular de Interior.

Em junho de 2013, o estado foi atingido por fortes chuvas que deixaram 580 pessoas mortas e 5.700 desaparecidos, em um dos piores desastres meteorológicos dos últimos anos no país. As inundações são frequentes no sudeste asiático na época de mais intensidade das chuvas de monção, registradas entre julho e agosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos