Ban Ki-moon pede mais esforços para combater terrorismo

Nações Unidas, 2 jul (EFE).- O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, condenou neste sábado o ataque jihadista contra um restaurante de Bangladesh e pediu para que os esforços internacionais para prevenir e combater o terrorismo sejam intensificados.

O ataque, reivindicado pelo Estado Islâmico (EI), causou a morte de 20 pessoas, entre elas japoneses, italianos e americanos, que foram mantidas reféns no Café Holey Artisan Bakery, em Daca, ontem, além de seis terroristas e dois policiais.

Em comunicado enviado por sua Assessoria de Imprensa, Ban afirmou que espera que os responsáveis por esse massacre "sejam identificados e ouvidos pela Justiça".

"Apoio firmemente Bangladesh em sua luta contra esta ameaça e ressalto a necessidade de intensificar os esforços regionais e internacionais para prevenir e combater o terrorismo", dizia na nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos