Achado corpo do refém canadense decapitado por Abu Sayyaf em junho

Manila, 3 jul (EFE).- As forças de segurança das Filipinas recuperaram o corpo do refém canadense Robert Hall que o grupo Abu Sayyaf, defensor do Estado Islâmico (EI), decapitou em junho depois de não receber o resgate no prazo exigido.

O jornal filipino "Inquirer" informou neste domingo que aldeãos acharam com o corpo no sábado em uma área da cidade de Talipao, na ilha de Jolo, situada a cerca de 960 quilômetros ao sul de Manila.

A cabeça de Robert Hall foi colocada na porta da catedral de Jolo no dia 13 de junho.

O Abu Sayyaf assassinou da mesma forma e na mesma ilha a também canadense John Ridsdel, no dia 25 de abril passado, porque também não recebeu o resgate que tinha exigido.

Este grupo radical fundado em 1991 por um grupo de excombatentes da guerra do Afeganistão contra a União Soviética sequestrou Hall, Ridsdel, o norueguês Kjartan Sekkingstad e a filipina Marites Flor em 21 de setembro de 2015 em um complexo hoteleiro da ilha de Samal (sudeste).

Flor, companheira de Hall, foi libertada em 24 de junho, mas Sekkingstad continua cativo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos