Dois insurgentes são mortos e 2 militares ficam feridos no sul da Tailândia

Bangcoc, 3 jul (EFE).- Dois insurgentes morreram e dois militares ficaram feridos em um confrontos entre as forças da ordem e o movimento islâmico que luta pela independência do sul da Tailândia há décadas, informou neste domingo a imprensa local.

Os fatos aconteceram no sábado na província de Narathiwat, quando o Exército realizou uma operação para capturar um grupo de rebeldes em seu suposto esconderijo e este se defendeu com fuzis de assalto M16 e AK47.

No final, a tropa, formada por 24 soldados comandados por dois coronéis, entrou na casa e matou os dois insurgentes que apresentavam resistência no interior, segundo fontes oficiais citadas pelo jornal "The Nation".

Mais de 6.500 pessoas morreram no sul da Tailândia desde que o movimento separatista muçulmano retomou a luta armada em 2004, após uma década de pausa.

Os insurgentes denunciam a discriminação que sofrem por parte da maioria budista e exigem a criação de um Estado islâmico que integre as províncias de Pattani, Yala e Narathiwat, que configuraram o antigo sultanato de Pattani e que a Tailândia anexou há um século. EFE

zm/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos