EI reivindica o sangrento atentado suicida em área comercial de Bagdá

Cairo, 3 jul (EFE).- O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu neste domingo a autoria do atentado suicida com carro-bomba cometido em uma área comercial do centro de Bagdá e que causou dezenas de mortos.

Em comunicado assinado por +Wilayat Bagdá (Província de Bagdá) e divulgado nas redes sociais, o EI afirmou que o ataque teve como alvo "uma concentração de renegados", em alusão aos xiitas.

O atentado aconteceu em frente a uma famosa sorveteria no distrito de Al Karrada, de maioria xiita, onde morreram pelo menos 80 pessoas e 135 ficaram feridas, segundo os dados divulgados à Agencia por fontes policiais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos