Inundações no nordeste da Índia já afetam mais de 88 mil pessoas

Nova Délhi, 5 jul (EFE).- Mais de 88 mil cidadãos foram afetadas por conta das inundações causadas pelas chuvas de monção no estado de Assam (nordeste), onde foram montados sete campos de ajuda e decretado o alerta em várias regiões, informou nesta terça-feira a Autoridade de Gestão de Desastres de Assam (ASDMA).

As cheias dos rios provocadas pelas tempestades dos últimos dias deixam 88.390 afetados em 257 localidades de sete distritos da região. O Exército colabora nas tarefas de resgate e distribuição de alimentos nos campos de ajuda. Mais de 6 mil hectares de cultivos foram atingidos pelas inundações, que também prejudicaram várias criações de gado, de acordo com o último relatório da ASDMA.

O Santuário Natural de Pobitora, a maior reserva do mundo do ameaçado rinoceronte-indiano (que tem apenas um chifre), também está com mais de 70% de seu espaço inundado, de acordo com a agência "PTI".

Em abril, nove pessoas morreram e 93 mil se viram afetadas pelas fortes chuvas em Assam. No final da semana passada, 18 pessoas morreram depois de um temporal no estado de Uttarakhand, no norte da Índia.

As inundações são frequentes no Sudeste Asiático entre julho a agosto, época de mais intensidade das chuvas de monção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos