Ataque no sul do Iêmen deixa aproximadamente 14 mortos

Saná, 6 jul (EFE).- Pelo menos nove soldados das Forças da Segurança Central iemenitas e cinco homens armados morreram em um ataque a um quartel da polícia na cidade de Áden, no sul do Iêmen, informaram fontes de segurança à Agência Efe.

Um terrorista suicida detonou um carro-bomba na entrada principal do quartel de Al Sulban, situado no bairro de Jur Maksar, no leste da cidade, sede provisória do governo do presidente do Iêmen, Abd Rabbuh Mansur Al-Hadi.

Após a explosão, dezenas de homens armados invadiram o quartel pelo acesso traseiro, enquanto a maioria dos agentes se reuniram na porta principal de onde houve o ataque suicida.

Fontes de segurança acrescentaram que os terroristas sequestraram um número indeterminado de soldados e ainda permanecem escondidos no interior do quartel.

Testemunhas disseram à Efe que no interior do quartel existem colunas de fumaça e ainda se pode ouvir tiros e explosões, por conta do confronto entre os dois lados.

Até o momento, é desconhecida a organização que pertencem os terroristas que fizeram o ataque na região onde atuam a Al Qaeda e o grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos