Enchentes na Coreia do Sul deixam 4 desaparecidos e danos materiais

Seul, 6 jul (EFE).- As inundações causadas pelas fortes chuvas na Coreia do Sul deixaram nesta semana quatro desaparecidos, danos materiais e causaram interrupção no trânsito em todo o país, informaram nesta quarta-feira as autoridades.

Mais de 400 operários de resgate trabalham para localizar os quatro desaparecidos, todos eles pessoas da terceira idade, na província nordeste de Gangwon, onde só na madrugada de terça-feira a chuva acumulou 175 milímetros, informou o Centro de Medidas de Resposta a Desastres em Seul.

Os quatro desaparecidos viajavam no mesmo carro, que foi achado sem seus ocupantes em uma região alagada.

Devido às fortes chuvas, cerca de 120 famílias foram enviadas a refúgios temporários, 57 voos nacionais foram cancelados e 440 ficaram alagadas em todo o país.

Na capital, onde as precipitações chegaram a 88 milímetros na noite da segunda-feira, vários rios transbordaram, por isso que as autoridades tiveram que interromper o tráfego em algumas estradas e avenidas, segundo o órgão de emergências estatal.

Além disso, 2 mil casas de um complexo de apartamentos ao oeste de Seul ficaram sem eletricidade durante várias horas e aconteceu um deslizamento de terra sobre uma casa em pleno centro da cidade sem deixar vítimas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos