Obama volta à Espanha que conheceu como mochileiro

Lucía Leal.

Madri, 10 jul (EFE).- Barack Obama tinha 26 anos, o estômago meio vazio e muitas dúvidas sobre sua identidade quando visitou pela primeira vez a Espanha que neste domingo lhe recebeu com honras e à qual quer voltar com mais calma, sem a carga da presidência... nem da mochila.

"Esta não é minha primeira visita à Espanha nem a Madri. Mas confesso que a primeira vez que vim a Madri não foi no (avião presidencial) Air Force One", disse hoje Obama antes de reunir-se com o rei Felipe VI no Palácio Real.

Era 1987 e Obama "levava uma mochila, se movimentava a pé a maior parte do tempo e comia o mais barato que encontrava", lembrou.

O jovem Obama passou por Madri e Barcelona durante um recorrido pela Europa justo antes de fazer uma viagem de enorme importância emocional para ele: sua visita ao Quênia para conhecer a família de seu pai, que o deixou quando ele tinha dois anos e a quem só voltou a ver quando tinha dez.

"Durante três semanas viajei sozinho, descendo por um lado do continente (europeu) e subindo pelo outro, a maior parte do tempo em ônibus e trem, com uma guia de viagem na mão", relatou Obama em seu livro de memórias "Dreams from my father" ("Sonhos do meu pai"), uma reflexão sobre suas origens que publicou em 1995.

Mas Obama em breve se deu conta que buscava sua identidade nessa viagem e que sua decisão de visitar a Europa antes de ir ao Quênia tinha sido "um erro", não porque o velho continente não fosse "precioso", mas porque não era o que necessitava nesse momento.

"Comecei a suspeitar que minha parada europeia era só uma forma mais de atrasar as coisas, uma tentativa mais de evitar o encontro com velho homem", explicou em referência a seu pai, que tinha morrido cinco anos antes e cujo abandono lhe tinha marcado profundamente.

O presidente "nunca" imaginou que em sua visita seguinte à Espanha seria recebido pelo rei, segundo comentou hoje.

Também não tinha previsto uma parada tão breve em um país que "encanta" sua esposa Michelle e suas filhas Malia e Sasha, e disse que confia em voltar para uma visita mais longa após deixar o poder em janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos