Voltam a explodir combates nas proximidades de base da ONU em Juba

Cairo, 11 jul (EFE).- As tropas leais ao presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e as fiéis ao vice-presidente e líder opositor, Riek Machar, entraram novamente em confronto perto de uma base da missão da ONU para o Sudão do Sul (UNMISS) em Juba, denunciou esta organização internacional.

Além disso, segundo o jornal sul-sudanês "National Courier", são ouvidos tiros esporádicos na região de New Site e confrontos em uma área próxima a um posto de controle situado na estrada de Yei-Juba.

A UNMISS pediu ontem às partes do conflito para parar os ataques perto de suas instalações, onde se refugiam centenas de pessoas e para onde foram vários deslocados, após o novo surto de violência, que ameaça a frágil paz no país.

"As Nações Unidas pedem a todas as partes para respeitar a condição da ONU e condena qualquer tentativa deliberada de atacar suas instalações e seu pessoal", afirmou a missão internacional em comunicado.

Desde quinta-feira passada, mais de 269 pessoas morreram nos confrontos protagonizados entre forças governamentais e opositoras. EFE

jfu/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos