Cazaquistão anuncia que convenção do Cáspio será assinada em 2017

Astana, 13 jul (EFE).- A convenção sobre o status jurídico do mar Cáspio será assinada pela cúpula dos cinco países da região que o abrang no ano que vem no Cazaquistão, anunciou nesta quarta-feira o ministro das Relações Exteriores do país centro-asiático, Erlan Idrissov.

"Hoje confirmamos que temos, no nível político, uma atitude geral de entendimento para realizar a assinatura da convenção na cúpula do próximo ano em Astana", afirmou Idrissov após a reunião de ministros das Relações Exteriores dos cinco países do litoral cáspio.

O chefe da diplomacia cazaque esteve acompanhado pelos chanceleres de Azerbaijão, Elmar Mammadyarov; Irã, Mohammad Javad Zarif; Rússia, Sergei Lavrov; e Turcomenistão, Rashid Meredov.

Idrissov disse que o agendamento da data dependerá do ritmo de "trabalho sobre as questões pendentes que precisam de harmonização e novas negociações".

O ministro cazaque admitiu que ainda existem quatro difíceis questões que precisam de negociações adicionais.

"Ainda temos que debater sobre o revestimento das comunicações dos fundos marítimos, os métodos de delimitação do fundo marítimo, os problemas de navegação e a ordem da navegação de diferentes embarcações, assim como questões de passagem", disse.

Especialistas se reunirão em Teerã em setembro e na capital turcomena de Ashgabat em outubro para acertar os detalhes e estabelecer os fundamentos para uma nova reunião em nível ministerial.

A última reunião realizada pelos líderes destes países aconteceu na cidade russa de Astrakhan em 2014.

Durante a cúpula, as cinco nações do Cáspio concordaram em proibir a presença militar estrangeira nesse mar, embora não tenha conseguido pactuar sua delimitação a fim de explorar seus ingentes recursos naturais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos