Putin felicita Theresa May e se despede de David Cameron por telegramas

Moscou, 13 jul (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, felicitou nesta quarta-feira a nova primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, por sua nomeação e se despediu em outro telegrama de David Cameron, com quem manteve tensas relações.

"Putin confirmou a vontade de manter um diálogo construtivo e trabalhar conjuntamente com a primeira-ministra britânica no terreno bilateral e internacional", informou o Kremlin em comunicado.

Em sua mensagem, o chefe do Kremlin ressaltou que aproveitar o potencial de cooperação acumulado durante longo tempo responde aos interesses de ambos países.

Por sua vez, em outro telegrama, agradeceu a Cameron por sua parceria e se mostrou convencido de que a rica experiência política do ex-primeiro-ministro será requisitada tanto no Reino Unido como no exterior.

O Kremlin se mostrou ontem disposto a reanimar as relações com o Reino Unido após a saída de Cameron, que sempre foi partidário da linha dura no relacionamento com Putin.

"Evidentemente, a Rússia sempre foi partidária de manter boas relações com o Reino Unido. Sua reanimação e desenvolvimento em um novo ritmo responderia aos interesse de Moscou e de Londres", disse Dmitri Peskov, porta-voz do Kremlin.

Peskov admitiu que "agora as relações não estão no nível que merecem e não é lógico que se encontrem em tal estado".

Em seu mandato, Cameron defendeu a imposição de sanções econômicas contra a Rússia pela anexação da Crimeia e sua ingerência no conflito na Ucrânia, e mais recentemente se mostrou contrário a sua suspensão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos