Rodrigo Maia e Rogério Rosso disputarão segundo turno na eleição da Câmara

Brasília, 13 jul (EFE).- Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Rogério Rosso (PSD-DF), dois candidatos próximos ao presidente interino Michel Temer, passaram nesta quarta-feira para o segundo turno da eleição para a presidência da Câmara dos Deputados.

Na primeira votação, na qual participaram 13 candidatos e que foi realizada de forma secreta, os dois foram os mais votados e garantiram passagem para a votação decisiva, que será realizada nas próximas horas.

Maia recebeu 120 votos e Rosso, 106, dentro do universo de 512 deputados com direito a voto.

O terceiro candidato mais votado, com 70 votos, foi Marcelo Castro (PMDB-PI), que, mesmo sendo da mesma legenda que Temer, não contava com o apoio do chefe de Estado interino.

Castro foi ministro da Saúde no governo de Dilma Rousseff e votou contra o processo de impeachment da governante, agora afastada de suas funções.

Quem vencer a eleição de hoje substituirá Eduardo Cunha, justamente quem impulsionou o processo de destituição de Dilma e que se viu obrigado a renunciar a seu cargo na semana passada para tentar salvar seu mandato.

O novo presidente completará o mandato de Cunha, que se prolonga até fevereiro do ano que vem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos