Hollande chama de terrorista ataque de Nice e prolonga estado de emergência

Paris, 15 jul (EFE).- O presidente da França, François Hollande, fez um pronunciamento nesta sexta-feira (data local) sobre o atentado em Nice, onde um caminhão atropelou uma multidão, matando pelo menos 77 pessoas e deixando aproximadamente 20 feridos em estado crítico, dizendo que "não se pode negar o caráter terrorista" do fato.

Hollande afirmou que entre os mortos estão várias crianças e que o autor agiu com "intenção de matar, esmagar e massacrar".

O presidente francês também anunciou que prolongará o estado de emergência no país, que devia expirar no próximo dia 26, por mais três meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos