Hollande e Valls comandam célula de crise após atentado em Nice

Paris, 15 jul (EFE).- O presidente da França, François Hollande, e o primeiro-ministro, Manuel Valls, participam neste momento da célula interministerial de crise convocada com urgência devido ao atentado em Nice, no qual pelo menos 75 pessoas morreram e cem ficaram feridas.

O Palácio do Eliseu informou pela rede social Twitter, junto a uma foto de Hollande e Valls, sobre a presença de ambos na sede do Ministério do Interior, na praça Beauvau, em Paris.

Hollande precisou cancelar a viagem que realizava a Avignon, no sul do país, para retornar imediatamente a Paris, onde preside a célula de crise.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos