Caminhão usado em atentado foi alugado na segunda-feira, diz TV francesa

Em Paris

O caminhão utilizado na noite desta quinta-feira (14) pelo autor do atentado de Nice, no qual morreram pelo menos 84 pessoas, tinha sido alugado na segunda-feira passada pelo homem identificado como o autor do massacre com documentação válida para fazê-lo, disse hoje o canal público de televisão "France 2".

Foi uma empresa de Saint Laurent du Var, a poucos quilômetros a oeste de Nice, que alugou o veículo a Mohammed Bouhlel, o homem que atropelou dezenas de pessoas no Passeio dos Ingleses de Nice, onde havia milhares de espectadores para os fogos de artifício por ocasião da Festa Nacional francesa.

Bouhlel foi morto pela polícia após ter percorrido vários quilômetros pelo Passeio dos Ingleses, que estava fechado ao tráfego. No interior do veículo foi encontrada uma pistola de calibre 7.65 que utilizou, assim como duas armas longas e uma granada de mão, em ambos os casos falsos.

O suspeito, com permissão de residência na França, trabalhava como entregador e tinha antecedentes por delitos de menor importância, mas não era fichado pelos serviços secretos por suspeitas de vínculos com o terrorismo.

Segundo a emissora "France Info", que falou com vários de seus vizinhos que o descreviam como muçulmano pouco praticante, que gostava de dançar e de mulheres, em janeiro tinha brigado depois de um acidente de trânsito, o que lhe causou problemas com a Justiça.

Uma das questões-chave agora para os investigadores é saber se Bouhlel teve cúmplices no ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos