Israel pede a seus cidadãos na Turquia para que saiam das ruas

Jerusalém, 16 jul (EFE).- O Ministerio das Relações Exteriores de Israel pediu a todos seus cidadãos que estão na Turquia para que não saiam de suas casas ou hotéis devido ao golpe de Estado militar que teve início na noite de sexta-feira no país.

Em mensagem no Twitter e pela imprensa, o Ministério disse que abriu um centro de informações e divulgou um número de telefone para atender os israelenses na Turquia.

Por enquanto, nem o primeiro-ministro e titular das Relações Exteriores, Benjamin Netanyahu, ou o presidente do país, Reuven Rivlin, comentaram os fatos, apesar de não ser habitual que os líderes israelenses façam declarações durante a jornada do shabat, que começa ao cair da noite de sexta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos