Número de mortos no atentado de Nice sobe para 84

Paris, 15 jul (EFE).- Pelo menos 84 pessoas morreram na quinta-feira à noite em Nice, na França, e 18 estão internadas em estado crítico quando um caminhão atropelou uma multidão que assistia aos fogos de artifícios da festa nacional do dia 14 de julho, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Ministério do Interior francês.

Além disso, 50 pessoas ficaram levemente feridas e outras 120 tiveram que ser tratadas pelos serviços de emergência, explicou o porta-voz do ministério, Pierre-Henri Brandet, em declarações ao canal "BFM TV".

Brandet confirmou que entre "as vítimas" há crianças, mas sem precisar se estavam mortas ou feridas.

É "um ato terrorista inominável, abjeto", afirmou antes de exaltar "o sangue frio" com a qual atuaram os serviços de emergência.

O porta-voz não quis entrar nos detalhes da investigação, da qual está encarregada a Promotoria Antiterrorista, e não se referiu a identidade do autor do massacre.

A polícia está verificando se o motorista do caminhão - morto por disparos de agentes policiais - é o homem que teve a carteira de motorista encontrada dentro do veículo, um franco-tunisiano de 31 anos, morador de Nice, que tinha antecedentes criminais, mas não por fatos ligados ao terrorismo.

O presidente francês, François Hollande, preside a partir das 9h (hora local) um conselho de segurança e de defesa com os ministros e os altos responsáveis desses campos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos