Países árabes condenam o atentado em Nice e mostram seu pêsame à França

Cairo, 15 jul (EFE).- A Liga Árabe e diversas autoridades dos países da região do Oriente Médio condenaram nesta sexta-feira o atentado que causou pelo menos 84 mortos e mais de 120 feridos ontem à noite em Nice (sul da França), e enviaram seus pêsames às famílias das vítimas, assim como ao povo e governo franceses.

O secretário-geral da Liga Árabe, Ahmed Aboul Gheit, qualificou o ataque de "covarde ato terrorista", informou em comunicado o porta-voz da organização, Mahmoud Afifi.

"Este trágico e atroz crime reitera que o terrorismo continua violando todas as linhas vermelhas ao atacar inocentes com ações brutais sem precedentes", afirmou a nota.

Além disso, acrescentou que há uma "necessidade prioritária que obriga a unificar os esforços de todas as partes internacionais e de maneira imediata para enfrentar a atual escalada deste fenômeno" terrorista.

O presidente do Egito, Abdul Fatah al Sisi, condenou o atentado em outro comunicado, no qual expressou também seus "mais sinceros pêsames e consolo ao presidente francês, François Hollande, e ao povo amigo e governo da república da França, vítima desta brutal ação terrorista".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos