Autor do atentado em Nice foi um "soldado do EI", segundo agência jihadista

Cairo, 16 jul (EFE).- Um "soldado" do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) é o autor do atentado que causou na noite da última quinta-feira 84 mortes e deixou centenas de feridos na cidade francesa de Nice, informou neste sábado a agência de notícias "Amaq", vinculada aos jihadistas.

"Um dos soldados do Estado Islâmico executou a operação (...) em resposta as chamadas para atacar os cidadãos dos países que integram a coalizão internacional que combate o EI no Iraque e Síria", afirmou a agência, que citou uma fonte de segurança.

No dia 21 de maio, o porta-voz do EI, Mohammad al Adnani, conclamou seus seguidores a perpetrar mais atentados no Ocidente, especialmente na Europa e Estados Unidos, por causa do mês sagrado do Ramadã, que terminou no último dia 5 de julho.

Em mensagem carregada de ódio, cuja veracidade não pôde ser confirmada, al Adnani afirmou que "atacar aos chamados civis é o melhor e mais útil".

No discurso de 31 minutos de duração divulgado através das redes sociais, o porta-voz do EI pediu para seus simpatizantes que qualquer ataque, por menor que seja, na casa do inimigo, é melhor que um grande nos territórios que controlam.

Para a Promotoria francesa, o atentado em Nice encaixa no tipo de ameaça do EI, cujo al Adnani pediu em janeiro para usar balas, facas ou "carros" para matar os infiéis.

A polícia francesa prendeu hoje três pessoas em Nice como parte da investigação aberta sobre o atentado, subindo para cinco o número de detidos.

Sobre o autor do massacre, identificado como Mohammed Lahouaiej Bouhlel, o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, esperava que a investigação determinasse se ele agiu a pedido de outros indivíduos, impulsionado "pelas mensagens contínuas do (grupo terrorista) Estado Islâmico" ou por ter algum tipo de desequilíbrio. EFE

aj-em/phg

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos