Helicóptero turco aterrissa na Grécia e tripulação pede asilo

Atenas, 16 jul (EFE).- Um helicóptero militar turco aterrissou na tarde deste sábado no aeroporto grego de Alexandrópolis e seus oito tripulantes solicitaram asilo político, informam a imprensa local.

Segundo informações da televisão pública, o aparelho entrou no espaço aéreo grego e ao não ter um plano de voo oficial, pediu permissão para realizar uma aterrissagem de emergência.

As autoridades aéreas gregas concederam a permissão, apesar de durante a manobra de aterrissagem o helicóptero tenha sido acompanhado por dois caças das forças aéreas helênicas.

Dos oito tripulantes, sete usavam uniformes militares, acrescenta o citado meio, enquanto um estava vestido como civil.

Segundo os veículos de imprensa helenos, a polícia grega os deteve por entrar no país de forma ilegal e os levou à chefia de Polícia de Alexandrópolis, no nordeste da Grécia, perto da fronteira com a Turquia.

As primeiras conjeturas apontam que poderia se tratar de um grupo de militares que participaram da tentativa de golpe perpetrada na sexta-feira.

O Ministério da Defesa grego confirmou que os tripulantes solicitaram asilo político, pedido que as autoridades gregas têm que examinar.

O helicóptero será devolvido imediatamente à Turquia, acrescentou o Ministério.

Por outro lado, a situação na fronteira terrestre entre Grécia e Turquia foi de calma ao longo das últimas horas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos