Hollande preside novo conselho de segurança e defesa sobre ataque em Nice

Paris, 16 jul (EFE).- O presidente da França, François Hollande lidera na manhã desde sábado um novo conselho "reduzido" com os responsáveis pela segurança e a defesa para abordar as consequências do ataque da última quinta-feira em Nice.

A reunião, que começou às 9h (hora local), é a segunda nesse formato desde o atentado, onde morreram pelo menos 84 pessoas, entre eles 10 crianças e adolescentes, e mais de 200 ficaram feridas, sendo 52 em estado crítico.

Entre os presentes estão o primeiro-ministro, Manuel Valls, e o ministro das Relações Exteriores, Jean-Marc Ayrault.

Logo após o encontro, cuja duração não foi especificada, o presidente francês se reunirá no Palácio do Eliseu com todos os ministros e secretários de Estado.

As reuniões acontecem no primeiro dos três dias de luto oficial decretados na França enquanto os investigadores prosseguem tentando descobrir as motivações do atentado, obra de um cidadão tunisiano que aparentemente não possui vínculos jihadistas.

Embora o ataque não tenha sido reivindicado por nenhum grupo, as autoridades francesas consideram que seu "modus operandi" é correspondente ao utilizado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), que também tem a França como um dos seus principais alvos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos