Mercosul vive "problema" na presidência rotativa, diz chanceler do Uruguai

Montevidéu, 16 jul (EFE).- O Mercosul está diante um "grande problema" em relação à polêmica quanto à transferência da presidência rotativa do bloco, afirmou neste sábado o ministro das Relações Exteriores do Uruguai, Rodolfo Nin Novoa.

Uruguai tem atualmente a presidência pro tempore do Mercosul e, segundo a ordem de rotação, a Venezuela deveria assumir o posto nos próximos seis meses, fato que provocou desacordo entre os países do bloco devido à crise vivida pelo governo de Nicolás Maduro.

Para resolver o assunto, foi convocada uma reunião do Conselho do Mercado Comum (CMC) do Mercosul, em Montevidéu, no próximo dia 30 de julho. Perguntado sobre o tema na saída de um evento, Nin Novoa afirmou que desde o último encontro informal de chanceleres, que ocorreu na última segunda-feira, "pouco se avançou".

"Há uma posição bastante firme de cada um dos países do Mercosul. Daqui até o dia 30 (de julho) seguiremos conservamos, veremos qual é a alternativa que temos e qual será o quórum que teremos", afirmou o chefe da diplomacia do Uruguai aos jornalistas.

O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, também destacou na sexta-feira que a posição dos países continua sendo a mesma. O Uruguai está disposto a passar a presidência à Venezuela, mas tem a oposição de Paraguai e Brasil.

Novoa garantiu hoje que a decisão sobre a mudança ou não da presidência pro tempore ao governo de Maduro será decidida na reunião do CMC se houver quórum. "Estamos em um grande problema", disse o chanceler sobre a possibilidade de consenso entre os países.

O CMC reúne os ministros das Relações Exteriores e de Economia dos países-membros do Mercosul e é o principal órgão de decisão do bloco após a cúpula de chefes de Estado.

O Mercosul está em um momento delicado depois de ter retomado os diálogos com a União Europeia (UE) para firmar um acordo de livre-comércio entre os dois blocos, uma negociação que permaneceu estagnada por vários anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos