Primeiro-ministro diz que número de presos na Turquia se aproxima de 3 mil

Ancara, 16 jul (EFE).- O primeiro-ministro da Turquia, o islamita Binali Yildirim, afirmou neste sábado que 161 pessoas morreram durante a tentativa de golpe militar de ontem à noite, enquanto 2.893 militares foram detidos.

Segundo Yildirim, 20 militares golpistas morreram, contrariando uma informação do próprio Exército turco, que havia divulgado 104 mortes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos