Trump critica "falta de liderança" após ataque a policiais na Louisiana

Washington, 17 jul (EFE).- O virtual candidato do Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou neste domingo a falta de liderança no país após a morte de três policiais em um ataque realizado por vários homens armados em Baton Rouge, no estado da Louisiana.

"Quantas pessoas e agentes da lei têm que morrer devido à falta de liderança em nosso país?", questionou o empresário após a morte dos agentes, em um ataque no qual outros três policiais ficaram gravemente feridos e estão internados em hospitais da cidade.

"Estamos de luto pelos policiais mortos hoje em Baton Rouge. Exigimos lei e ordem", escreveu Trump em sua página no Facebook, usando um dos lemas de sua campanha na mensagem.

A polícia de Baton Rouge suspeita que o ataque foi realizado por três indivíduos, um deles morto no tiroteio. Vários agentes estão realizando uma intensa operação de busca pela cidade para encontrar os outros dois.

O incidente ocorreu dias depois um franco-atirador negro ter matado cinco policiais brancos em Dallas, no estado vizinho do Texas, durante um protesto contra dois novos casos de violência policial contra afro-americanos, um deles registrado em Baton Rouge.

Em um discurso no qual abordou o incidente na cidade texana e os últimos casos de violência policial, Trump se proclamou como o "candidato da lei e da ordem" e classificou sua provável adversária nas eleições de novembro, a democrata Hillary Clinton, como "frágil" nesta questão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos