Cento e três generais turcos são detidos por golpismo

Istambul, 18 jul (EFE).- A Polícia deteve 103 generais e almirantes das Forças Armadas turcas sob a acusação de ter estado envolvido na tentativa do golpe militar do sexta-feira passada, informou a agência semipública "Anadolu".

O número representa quase um terço dos 356 generais e almirantes que compõem a cúpula das Forças Armadas turcas.

Entre eles se acham os comandantes do 2º e do 3º Exército das forças terrestres e o ex-comandante das Forças Aéreas, Akin Öztürk, acusado de ser o cérebro do golpe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos