Grupo brasileiro declara lealdade ao EI, diz site que monitora jihadistas

São Paulo, 18 jul (EFE).- Um grupo de brasileiros declarou lealdade ao líder do Estado Islâmico (EI), Abu Bakr al-Baghdadi, por intermédio do aplicativo Telegram, informou nesta segunda-feira o SITE Intelligence Group, site especializado em monitoramento de atividades jihadistas.

De acordo com a diretora da empresa americana, Rita Katz, esta é a primeira vez que um grupo da América Latina declara apoio aos jihadistas do EI.

Katz, por meio de sua conta no Twitter, lembrou que a declaração realizada pelo grupo pelo canal 'Ansar al-Khilafah Brasil' ocorre a menos de um mês do começo dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O governo anunciou que reforçará o plano de segurança para o evento após o atentado perpetrado na quinta-feira passada em Nice, na França, no qual morreram mais de 80 pessoas morreram.

As autoridades anunciaram que intensificarão os controles durante a competição, que começa no dia 5 de agosto. Os quatro suspeitos fazem parte de uma lista de 40 pessoas cujas credenciais foram negadas pelo Comitê Organizador dos Jogos após receber alertas emitidos por agências de inteligência de outros países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos