Número de mortos devido ao Tufão Nepartak chega a 83 na China

Pequim, 18 jul (EFE).- Pelo menos 83 pessoas morreram e 19 desapareceram na cidade de Fuzhou, capital da província de Fujian, no leste da China, após a passagem do tufão Nepartak, segundo informou nesta segunda-feira a agência oficial "Xinhua".

Cerca de 200 mil moradores da cidade foram afetados pelo tufão e perto de 10 mil casas foram destruídas durante a semana passada, com perdas para a cidade de 7,1 bilhões de iuanes.

A região mais afetada foi o condado de Minqing, onde foram registradas 73 mortes e 17 pessoas desaparecidas, um terço da população foi afetada e houve cortes na energia elétrica e nas telecomunicações.

O governo chinês anunciou que três funcionários de alto escalão desta região foram demitidos por causa da "pobre resposta" a esta catástrofe natural.

Além disso, informou que foi enviada uma ajuda de 170 milhões de iuanes para as áreas mais afetadas.

Segundo os últimos dados divulgados (na quarta-feira passada), desde o início da temporada de chuvas - que costuma ser em maio -, um total de 237 pessoas tinham morrido, às quais se somam as 14 destes últimos dias.

O tufão chegou à costa oriental chinesa após sua passagem pela ilha de Taiwan, onde três pessoas morreram, segundo os últimos dados divulgados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos