Polícia detém amigo de homem que atacou delegacia de polícia no Cazaquistão

Astana, 18 jul (EFE).- As forças de segurança do Cazaquistão detiveram um homem que era amigo do responsável por um ataque contra uma delegacia de polícia da cidade de Almaty, informou nesta segunda-feira o Ministério do Interior do Cazaquistão.

"Investigamos seu envolvimento em um possível caso de infrações criminais", diz a nota publicada pelas forças de segurança do Cazaquistão.

De acordo com fontes policiais, a atual situação na cidade é estável e a mesma se encontra sob o controle dos corpos de segurança.

O Ministério da Saúde cazaque comunicou que, após o tiroteio, oito pessoas seguem hospitalizadas.

"Segundo a direção do hospital oito pessoas, feridas durante o tiroteio que aconteceu na cidade esta manhã, estão sendo tratadas nas instituições médicas da cidade", explicou o Ministério em comunicado.

"Os pacientes estão em estado grave. Estão recebendo toda a ajuda médica necessária. As clínicas contam com a reserva suficiente de remédios", declarou o ministro da Saúde.

O Cazaquistão colocou suas Forças Armadas em estado de alerta depois que ocorreu um tiroteio em Almaty, a maior cidade do país, no qual morreram pelo menos quatro pessoas, três delas policiais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos