Trump diz que acabará com o EI, mas com poucas tropas

Cleveland (Ohio), 18 jul (EFE).- O provável candidato republicano à Presidência, Donald Trump, disse neste domingo que os Estados Unidos estão em guerra com o Estado Islâmico (EI) e que o combaterá e acabará com ele, mas enviando poucas tropas.

"Vamos declarar guerra ao EI, vamos apagar o EI do mapa", afirmou Trump em entrevista junto com seu companheiro de chapa, o governador de Indiana, Mike Pence, no programa "60 Minutes".

"Teremos muito poucas tropas, com incrível inteligência, algo que agora não temos", disse Trump.

Trump, que nesta quinta-feira será proclamado candidato presidencial para as eleições de novembro pelo Partido Republicano na convenção de Cleveland (Ohio), disse que o EI odeia os EUA e quer eliminá-los.

Ao mesmo tempo, disse que é necessário o envolvimento dos países vizinhos daqueles onde há presença do EI e que os parceiros da Otan se esforcem mais, porque "alguns fazem menos do que deveriam".

Trump e Pence serão designados esta semana os candidatos do Partido Republicano para a Presidência e Vice-Presidência para as eleições de novembro, nas quais enfrentarão a democrata Hillary Clinton, que será declarada candidata oficial no final deste mês. EFE

jmr/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos