Ministro diz que todos os mortos do atentado de Nice foram identificados

Paris, 19 jul (EFE).- O ministro da Justiça da França, Jean-Jacques Urvoas, afirmou nesta terça-feira que todos os mortos no atentado de Nice na última quinta-feria foram identificados, o que permitirá entregar os 84 corpos aos familiares.

Pouco antes, a ministra da Saúde, Marisol Touraine, tinha afirmado que 19 das 70 pessoas que ainda estão internadas se encontram em estado crítico.

Urvoas afirmou que "a investigação progride a cada minuto" e, embora evitando entrar em maiores detalhes, disse que um dos pontos que se tenta esclarecer é como o autor do massacre, Mohammed Bouhlel, pegou a pistola com a qual disparou contra a polícia antes de ser morto.

Além dos fatos de Nice, o ministro da Justiça afirmou que a polícia e a justiça trabalham de forma contínua - "a atividade é diária" - contra as ameaças terroristas, que desde o início do ano se frustraram 14 atentados e que há 285 pessoas acusadas por seu envolvimento em redes de envio de combatentes para a Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos